A Câmara Municipal de Baião divulgou hoje que foi ativado o Plano Municipal de Emergência de Proteção Civil e declarada também a situação de alerta, o que vai permitir que o concelho de Baião tome as decisões que venham a ser necessárias para combater a pandemia, mobilize meios de forma mais ágil e rápida. Vai trazer também um reforço da articulação entre todas as entidades de socorro e segurança do concelho. 

A decisão foi tomada por unanimidade na tarde de hoje, dia 27 de março, após uma reunião da Comissão Municipal de Proteção Civil, na sua composição reduzida, e visa fazer frente ao surto COVID-19. 

Participaram na reunião o Presidente de Câmara, Paulo Pereira, os responsáveis dos Bombeiros de Baião e de Santa Marinha do Zêzere, a Delegada de Saúde, o Comandante da GNR e o Coordenador Municipal de Proteção Civil. 

Recorde-se que foi confirmado, o primeiro caso de contaminação pelo vírus de uma pessoa residente em Baião. 

Na reunião o presidente da Câmara Municipal salientou a importância da união de esforços entre todos e da máxima mobilização para enfrentar a pandemia COVID-19. 

O Plano Municipal de Emergência de Proteção Civil vai permitir que o concelho de Baião tome as decisões que venham a ser necessárias para combater a pandemia e mobilize meios de forma mais ágil e rápida. Vai trazer também um reforço da articulação entre todas as entidades de socorro e segurança do concelho. 

Tendo em vista a boa articulação entre todos os agentes relevantes na área de proteção civil, realizou-se ainda uma reunião onde marcaram presença os Bombeiros Voluntários de Baião e de Santa Marinha do Zêzere, o comandante da GNR, os diretores dos Agrupamentos de Escolas, responsáveis das Entidades Particulares de Solidariedade Social, a presidente da Associação Empresarial de Baião, a representante da Associação Nacional de Farmácias e a uma responsável da Segurança Social. 

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

16 − seven =