BAIÃO: COVID-19 – ENCERRAMENTO DE EQUIPAMENTOS E SUSPENSÃO DE EVENTOS

0
1181

Perante a expectativa da existência de novas orientações relacionadas com o surto COVID-19 para o dia de hoje, por parte das competentes autoridades nacionais, o que não se verificou até ao momento, o presidente da Câmara Municipal de Baião, Paulo Pereira convocou, na qualidade de responsável máximo pela Proteção Civil, os Agentes Locais de Proteção Civil para uma reunião.

Marcaram presença na reunião uma representante da autoridade de saúde; os comandantes dos Bombeiros Voluntários de Baião e de Santa Marinha do Zêzere; o comandante da GNR de Baião; o vigário de Baião; uma responsável concelhia da Associação Nacional de Farmácias; representantes dos Agrupamentos de Escolas de Eiriz, Vale de Ovil e Sudeste de Baião e representantes das instituições particulares de solidariedade social do concelho – Adegril, Cecajuvi, Centro Social de Santa Cruz do Douro, Centro Social Paroquial de Santa Marinha do Zêzere, Santa Casa da Misericórdia e Ober.

Nesta reunião foram determinadas as seguintes medidas excecionais, de cariz cautelar, que estarão em vigor até 31 de março e com monitorização dia a dia:

– Encerramento dos equipamentos municipais Piscinas Cobertas, Auditório e Pavilhão Multiusos;

– Encerramento dos Pavilhões Desportivos de Eiriz e de Santa Marinha do Zêzere, para atividades fora do âmbito escolar;

– Suspensão de todos os eventos organizados pela Câmara Municipal de Baião, até ao final do março:

– Cinema “Sonic” – 15 de março

– Sessão de Yoga do Riso – 20 de março

– Comemorações do Dia da Mulher – 21 de março

– IV Encontro Municipal de Boccia Sénior – 24 de março

– Sessão “Ler o Mundo em Português” – 26 de março

– Dia do Município – 28 de março

– Todos os outros equipamentos manter-se-ão em funcionamento, sendo realizada uma monitorização diária dos acessos aos mesmos, o que pode determinar medidas adicionais.

– Os serviços camarários permanecerão em funcionamento, devendo-se privilegiar o contacto via telefone (255 540 500), por correio eletrónico (geral@cm-baiao.pt) ou pelo Balcão de Serviços da página de internet da Câmara Municipal de Baião, sendo de evitar deslocações presenciais.

As medidas mereceram um apoio unânime da parte dos Agentes Locais de Proteção Civil, que entendem que a crise desencadeada pelo surto COVID-19 deve ser encarada com cuidado por parte de toda a população, devendo ser observadas de forma rigorosa as recomendações das autoridades.

Existirá uma avaliação contínua da situação, podendo existir novas medidas, ou uma reavaliação das já decididas, em função dos desenvolvimentos.

Nesse sentido, apelamos aos baionenses sigam com rigor as recomendações da Direção-Geral de Saúde, nomeadamente:

Todas as pessoas deverão ter cuidados de higiene de mãos frequentes, lavando as mãos com água e sabão durante, pelo menos, 20 segundos, ou com solução anti-séptica de base alcoólica;

Todas as pessoas deverão cumprir com a etiqueta respiratória que consiste em tapar a boca e o nariz, ao tossir ou espirrar, com o cotovelo, ou lenço / guardanapo de papel (uso único) o qual deverá ser deitado ao lixo de imediato. De seguida, lavar as mãos como referido acima;

Todas as pessoas deverão evitar cumprimentar, beijar e abraçar outras pessoas, devendo evitar estar a menos de 1 metro de distância de qualquer outra pessoa;

Caso surjam sintomas, febre, tosse, dor de garganta, dores musculares, dor no peito, dores articulares ou diarreia, deverão, de imediato, procurar informação junto do SNS 24:

https://www.sns24.gov.pt/alerta/novo-coronavirus/

Contactar a linha SNS 24 – 808 24 24 24;

Todas as pessoas que forem contactadas telefonicamente pela Autoridade de Saúde deverão, de forma responsável e rigorosa, cumprir com todas as orientações que forem emitidas;

Deve-se evitar deslocações desnecessárias e participar em reuniões com elevado número de pessoas.

A Câmara Municipal de Baião continuará em contacto com as autoridades competentes, nomeadamente nas áreas da saúde e da Proteção Civil e transmitirá, a todo o momento, eventuais alterações em função do decurso da situação.

Apelamos mais uma vez aos baionenses para que mantenham a serenidade e sigam as instruções das autoridades de saúde, que têm acompanhado este surto com permanente cuidado e atenção.

Faremos tudo o que estiver ao nosso alcance para que estas dificuldades sejam ultrapassadas e para que a normalidade seja restabelecida o mais rapidamente possível.

 

Baião, 12 de março

 

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

two × two =