CAMPEONATO DO MUNDO DE MOTONÁUTICA: PROVA JÁ ARRANCOU E CONTOU COM A VISITA DO SECRETÁRIO DE ESTADO DO DESPORTO

0
540

Os motores dos 17 pilotos que estão a disputar o Campeonato do Mundo de Motonáutica F2 já se fazem ouvir, na Albufeira da Pala, em Baião, onde decorre este fim de semana a uma das etapas da prova.

 

Hoje, entre os treinos livres e a qualificação, as equipas receberam a visita do secretário de Estado da Juventude e do Desporto, João Paulo Correia, que esteve acompanhado pelo presidente da Câmara de Baião, Paulo Pereira, pelos vereadores Filipe Fonseca e José Lima, pelo presidente da Federação Portuguesa de Motonáutica, Paulo Ferreira, e pelo presidente da União de Freguesias de Ancede e Ribadouro, Daniel Guedes.

Depois de uma visita ao “paddock”, com passagem pelo pontão onde estavam alinhados os pilotos de 14 nacionalidades, o presidente da Câmara de Baião, Paulo Pereira, exaltou a importância daquele evento desportivo para o concelho e para a região, defendendo que “naquilo que depende das entidades que tinham de estar presentes, tudo está preparado para uma boa prova”.

“É um evento que corresponde a vários dos nossos desígnios. É importante do ponto de vista desportivo ter aqui uma grande prova, do ponto de vista competitivo está tudo em aberto, do ponto de vista territorial está tudo preparado para acolher milhares de pessoas. Para as pessoas que não possam vir aqui, podem acompanhar pela Sportv, que vai transmitir em direto”, salientou.

A prova em Baião é a penúltima do campeonato do mundo, que termina em Vila Velha de Ródão, no próximo fim de semana.

Em Baião, no domingo, vai arrancar em primeiro Giacomo Sacchi, em segundo Rashed Al Qemzi e em terceiro o português Duarte Benavente.

Para o presidente da Federação de Motonáutica, Paulo Ferreira, o campeonato “tem tudo em aberto e está ao rubro”. “Temos 40 pontos em disputa nas duas provas em Portugal e, portanto, condições reunidas para uma grande prova em Baião”, vincou.

O secretário de Estado do Desporto e do Juventude, João Paulo Correia, também exaltou a importância da prova em Baião, destacando que “o impacto económico, desportivo e social do evento”.

“Em territórios como Baião tem um valor reputacional que dificilmente o município conseguiria atingir de outra forma e daí que seja, também, com forte empenho do senhor presidente da câmara, dos autarcas e do concelho que esta prova se disputa em Portugal”, acrescentou.

No domingo, a prova arranca pelas 17:00, seguindo-se, às 18:30, a entrega dos prémios.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

ten − nine =