INSTRUTOR DOS SERVIÇOS PRISIONAIS CONDENADO A PENA SUSPENSA PELA MORTE DA GUARDA PRISIONAL DE BAIÃO

0
534

Foi condenado ontem, dia 16, no Tribunal de Paços de Ferreira, o instrutor de tiro dos serviços prisionais que atingiu mortalmente Carla Amorim.

O arguido, Jorge Oliveira, foi condenado a uma pena suspensa de três anos e seis meses e terá ainda que pagar uma indemnização de 120 mil euros aos pais da jovem baionense por danos não patrimoniais, especificamente o sofrimento da vítima e dos pais e também o pagamento das despesas do funeral da vítima.

Recorde-se que foi no dia 6 de novembro de 2018, que Carla Amorim, natural da freguesia de Campelo e Ovil, perdeu a vida, quando durante um treino de tiro foi baleada no peito pelo instrutor Jorge Oliveira.

Mariana Carneiro

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

9 + thirteen =