ISABEL FERREIRA SECRETÁRIA DE ESTADO DO DESENVOLVIMENTO REGIONAL ESTEVE HOJE NA AGRO DOURO VERDE

0
592

Isabel Ferreira, secretária de Estado do Desenvolvimento Regional, esteve hoje em Baião, mais concretamente no Mosteiro de Santo André de Ancede, onde reuniu com o presidente da autarquia Paulo Pereira e com agentes de desenvolvimento locais e regionais.

Esta visita coincidiu com o certame que ali decorre desde ontem, também visitado pela secretária de Estado, a Feira Agro Douro Verde, uma organização da Câmara de Baião, em parceria com a Dolmen – Desenvolvimento Local e Regional, Crl, no âmbito do Projeto “Produtos que Marcam (as) Gentes”, inserido na EEC PROVERE “Turismo para Todos”.

Após a reunião de trabalho, em declarações à imprensa presente, Isabel Ferreira realçou que era a sua primeira visita oficial a Baião, referindo “fica bem evidente que o território e o município em articulação com a comunidade intermunicipal têm estratégias bem definidas com os atores locais relevantes do território”.

Sobre a recuperação do Mosteiro de Santo André de Ancede, a secretária de Estado frisou “nota-se aqui nesta obra a boa aplicação dos fundos comunitários e a recuperação daquilo que é o enorme património cultural. Será certamente um edifício  que trará dinamismo aqui ao território, pela sua importância histórica, patrimonial, cultural, turística e isso é o que nós queremos também hoje nos nossos territórios do interior”. 

“Não chega distribuir dinheiro, é preciso pensar com as pessoas que estão em cada sítio, como é que queremos gastar essas verbas”, concluiu Isabel Ferreira sobre a aplicação dos fundos comunitários.

Por seu turno, Paulo Pereira disse “Mais que conhecer uma iniciativa nossa é uma oportunidade de trocarmos algumas impressões, com um membro do governo, sobre as questões que temos em cima da mesa e que temos tratado todos os dias“.

“Estou muito satisfeito e agradecido à Senhora Secretária de Estado, que tem uma visão muito pragmática das coisas, foi uma conversa muito interessante, como digo na primeira pessoa, mais do que conceitos muito teóricos, não só ouviu o que gostaríamos contar com a sua ajuda, como ainda nos deu aqui mais balanço ao mostrar outras possibilidades, que todas elas poderão vir a confluir naquilo que é o nosso propósito, que é a qualidade de vida das nossas populações”, salientou o autarca.

Paulo Pereira referiu ainda que sob o chapéu da CIM Tâmega e Sousa, foram identificados 26 projetos.
“Uma medida muito importante, que é a criação, com sede em Baião, de um centro de valorização e transferência de tecnologia para o sector do agro alimentar, na linha do que falou a senhora Secretária, de trazer este conhecimento, potenciando aquilo que temos no nosso território”, destacou.

Outro assunto discutido pelo edil foi “a necessidade de se reavaliar a questão das portagens nas autoestradas, principalmente a A4, que nos liga à área metropolitana, nós cidadãos e empresas, que fica em aberto para o futuro”, rematou Paulo Pereira.

O evento ainda vai a meio, havendo muita variedade, muita animação, boa gastronomia e um espaço magnifico para oferecer a quem queira visitar.

 

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

one × one =