REFORÇADO O PROGRAMA APOIAR PARA EMPRESAS

0
242

Em função do novo confinamento, o Governo reforçou o programa Apoiar dirigido às empresas, promovendo medidas de apoio ao Emprego e à Economia.

Algumas das medidas que foram reforçadas são:

  • Layoff simplificado por encerramento da atividade (entidade empregadora suporta 19,8% do salário, encargo relativo a salário de 1.000 euros), (durante idêntica à do período de confinamento), (transição do regime de apoio à retoma progressiva);
  • Apoio à retoma progressiva por quebra de faturação da empresa (possibilidade de redução do horário de trabalho até 100%, redução contributiva de 50% para micro e PMEs);
  • Apoio simplificado para microempresas (apoio no valor de 2 salários mínimos nacionais, 1.330€, por trabalhador)
  • Trabalhadores por conta de outrem (trabalhadores com remunerações até 3 salários mínimos nacionais recebem a 100%, Layoff e Apoio à Retoma);
  • Trabalhadores independentes (reativado o Apoio à Redução da Atividade, novo apoio extraordinário ao rendimento dos trabalhadores)
  • Sócios gerentes (reativado o Apoio à redução da atividade, novo apoio extraordinário ao rendimento dos trabalhadores)Consulte mais informações aqui.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

17 + ten =