SECRETÁRIA DE ESTADO DA AÇÃO SOCIAL RECEBIDA NOS PAÇOS DO CONCELHO

0
435

Rita da Cunha Mendes, Secretária de Estado da Ação Social, foi recebida na tarde de hoje, dia 29, nos paços do concelho de Baião, onde reuniu com o presidente e vice-presidente e responsável pelo pelouro dos Assuntos Sociais da Autarquia, respetivamente, Paulo Pereira e José Pinho Silva.

Presentes estiveram também representantes das IPSS do concelho.

A Secretária de Estado, Rita da Cunha Mendes, agradeceu o convite formulado para a visita a Baião, por parte do presidente da câmara, dirigindo-lhe rasgos elogios “é um presidente de câmara muito ativo e sempre preocupado com as instituições do concelho”, tendo-lhe feito um reconhecimento público “por todas as atividades desenvolvidas ao longo dos anos em todas as áreas sociais”.

Relativamente ao programa «PARES» referiu “estou aqui para ouvir as instituições sobre o que têm a dizer”. Adiantou que “o teto deste programa é de 110 milhões de euros, mas face ao número de candidaturas já não é possível atender a todos os pedidos”, sendo que aquelas que não forem aprovadas passarão automaticamente, desde que reúnam todos os critérios, para execução pelo PRR.

Revelou ainda que até agosto saíra um aviso para renovação de frotas, por viaturas elétricas, cujo a verba será de 65 milhões de euros.

Por último esclareceu algumas dúvidas e respondeu a perguntas feitas por elementos das IPSS, sobretudo um tema que é transversal a todas, no que respeita à revisão dos acordos existentes e outro ponto importante como a idade da reforma dos colaboradores ser mais cedo, por se tratar de um trabalho muito exigente.

Sobre isto a governante tomou notas e afirmou que as irá transmitir superiormente.

No final da reunião seguiu para uma visita a três instituições que têm projetos do programa «PARES» para aprovar, designadamente a Santa Casa da Misericórdia de Baião, ADEGRIL e Centro Social de Santa Cruz do Douro.

Por seu lado, o presidente da câmara, Paulo Pereira, depois de dar as boas vindas e em jeito de humor que lhe é bem característico referiu “pensava que houvesse alguma novidade, Senhora Secretária de Estado”. Quanto às situações existentes no concelho de Baião, o autarca informou que todas as necessidades das IPSS constam no Plano de Desenvolvimento Social, elaborado pela autarquia e que todas elas “criam grandes dificuldades às instituições”.

Paulo Pereira sublinhou a importância de as candidaturas serem aprovadas, chamando à atenção para que deveria haver “uma diferenciação positiva nos acordos com os territórios de baixa densidade”.

O caso das profissões de auxiliares de lares, com idade avançada, o presidente manifestou-se a favor da reforma mais cedo “devido ao desgaste das pessoas”.

José Pinho Silva, vereador dos Assuntos Sociais da câmara, referiu que estas reuniões são fundamentais do governo vir aos territórios, porque a realidade não é uniforme, afirmando “Esta foi uma reunião com um saldo muito positivo, visto as instituições ficarem muito mais bem informadas”.  

Terminou com uma mensagem de agradecimento “Agradeço às IPSS tudo o que têm feito no combate à pandemia, pois graças a vós Baião não foi falado nos jornais e televisões por não ser prestado auxilio a ninguém e isto deve-se muito ao vosso trabalho”.

De seguida a comitiva dirigiu-se, como acima mencionado, para prosseguir a visita às respetivas instituições.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

10 − 5 =